Flagrado estuprando filha de 9 anos disse que estava cobrindo menina

Contou na delegacia que estava fumando cigarro e não estuprando a filha

O homem de 26 anos flagrado estuprando a filha de 9 anos, no Jardim Noroeste, na madrugada desta quarta-feira (18), negou o crime durante seu depoimento e disse que a mulher teria inventado a história e que estava, apenas, cobrindo a filha como vez com os outros filhos que dormiam no mesmo quarto.

Em depoimento, o homem contou que acordou pela madrugada e teria ido fumar um cigarro, sendo que depois passou no quarto dos filhos para cobri-los momento em que sua esposa entrou no cômodo e o agrediu dizendo que estava estuprando sua filha de 9 anos. Antes disso, ele ainda mencionou aos policiais que havia ingerido dois corotes de cachaça.

Ele negou que tenha cometido o crime afirmando que a mulher havia inventado a história. A menina disse a mãe que o pai a estuprava há tempos, mas que não havia contado porque ele disse que bateria nela. A polícia foi chamada pela mulher e o homem levado para a delegacia.

O homem passa por audiência de custódia nesta quinta-feira (19), quando deve ser determinada ou não a sua prisão preventiva.

Flagrado estuprando filha de 9 anos disse que estava cobrindo menina
Mais notícias