Filha do casal presenciou pai agredindo e jogando a mãe dentro de poço em MS

Filha do casal, Eurico Rodrigues, de 41 anos, e Cleide Irala, de 36, presenciou a morte da mãe no último sábado (26). Eurico foi preso pelo assassinato de Cleide, que foi encontrada morta dentro de um poço na fazenda onde eles moravam em Laguna Carapã, cidade a 278 quilômetros de Campo Grande.

Eurico disse que bebia com Cleide, tiveram uma discussão, decidiram ter um relacionamento sexual, e, posteriormente, voltaram a brigar. Ele conta que passou a ser agredido pela mulher, e para se defender, deu um soco nela, momento em que ela teria caído no poço.

Ele entrou contradição, e, a filha do casal, uma criança, afirmou ao delegado que viu o pai batendo na mãe e a jogando no poço, que fica na Fazenda Santa Fé, a 35km de Laguna Carapã, publicou o site Ligado na Notícia.

Antes de confessar o crime, o autor disse que teria procurado a esposa no sábado à noite ao acordar e ontem, durante o dia, a encontrando no poço.

Ele foi preso em flagrante por feminicídio, e está preso na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), em Dourados.

 

 

 

 

Filha do casal presenciou pai agredindo e jogando a mãe dentro de poço em MS
Mais notícias