Ferido com espeto após atirar em festa segue internado sob escolta policial

Homem ameaçou matar convidados e acabou ferido pelas vítimas

Está internado sob escolta policial na Santa Casa de Campo Grande o homem de 23 anos ferido com golpes de espeto no braço e pescoço, depois de invadir um salão de festas na madrugada de sábado (2), em Campo Grande, atirar e ameaçar pessoas que lá estavam. As vítimas reagiram e um dos convidados o atacou. 

O local onde fato ocorreu está localizado na Rua Gilson Mendes da Silva, paralela à Avenida Marinha, no bairro Bela Laguna, nas imediações do Portal Caiobá. Conforme boletim de ocorrência registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Cepol (Centro Especializado de Polícia), havia uma confraternização no local, quando dois desconhecidos, posteriormente identificados como R.A.S., de 23 anos, e um comparsa, tentaram entrar no local.

R.A.S. estava armado, pulou o muro e começou a atirar na direção de uma jovem de 19 anos, que organizava a festa. Na ação, o atirador obrigou que a jovem e mais três amigos que lá estavam ficassem de joelhos, pois seriam mortos. A jovem, apontada pelo agressor como primeira a ser a morta, entrou em luta com ele, que continuou atirando. Nenhum dos disparos acertaram os alvos.

Um rapaz de 18 anos aproveitou para pegar um espeto e atacar o atirador, ferindo-o. O comparsa de R.A.S., pegou o revólver e deu mais alguns tiros, fugindo em seguida. A Polícia Militar esteve no local e prendeu R.A.S., que foi encaminhado para atendimento médico.

Ferido com espeto após atirar em festa segue internado sob escolta policial
Mais notícias