Ferido a tiros em bar por suposta dívida de câmera respira sem ajuda de aparelhos

Empresário ainda não foi encontrado pela polícia

Já respira sem ajuda de aparelhos, o cliente de um bar ferido a tiros neste fim de semana, por um empresário, na cidade de Paranaíba a 407 quilômetros de Campo Grande. A vítima estaria devendo parcelas da compra de uma câmera fotográfica, no valor de R$ 1,8 mil.

O homem de 38 anos estava entubado respirando com ajuda de aparelhos depois do tiro ter atingido o pulmão dele, mas segundo informações do hospital passadas para o site JP News, nesta segunda-feira ((25), o paciente já teve a ventilação mecânica retirada e seu estado de saúde é estável.

O crime aconteceu no domingo (24), quando o empresário foi até o bar onde estava a vítima descendo de um carro de cor preta e fazendo disparos. Imagens de câmeras de segurança flagraram o momento do crime. Pelas imagens gravadas é possível ver quando o homem armado desce do carro na rua e aponta a arma para a vítima que está no bar, e faz os disparos. Pessoas que estavam no local começam a correr apavoradas e o empresário passa a gritar e gesticular.

O empresário e a vítima teriam um desacordo comercial da venda de uma câmera fotográfica. O empresário teria vendido ao aparelho para a vítima por R$ 1,8 mil, mas o homem estaria devendo algumas parcelas. O autor do crime foi até o bar tirar satisfação e, com a arma de fogo fez vários disparos. Dois tiros falharam e o terceiro atingiu a vítima no peito.

Ferido a tiros em bar por suposta dívida de câmera respira sem ajuda de aparelhos
Mais notícias