Feminicídio: homem arrasta mulher para a cama e a mata com 20 facadas

Filha atacou agressor para tentar proteger a mãe e chegou a esfaqueá-lo

Mulher identificada como Rosenilda dos Santos Além, de 38 anos, foi morta a facadas na manhã desta segunda-feira (24), em residência localizada no Jardim Olenka, em Sidrolândia, a 70 quilômetros de Campo Grande. O principal suspeito é o marido Emerson Claudio Favero, 42, que tentou suicídio após o feminicídio.

De acordo com o site MS Negócios, o casal estava junto há aproximadamente seis meses. A filha relatou que a mãe estava na cozinha, quando o padrasto se aproximou em silêncio e surpreendeu a vítima, agarrando-a pelo pescoço. Ele arrastou a mulher até o quarto, onde a jogou na cama e passou a golpeá-la várias vezes com uma faca.

Ao perceber a ação, a filha se armou com outra faca e atacou o homem, mas sem sucesso. Rosenilda gritou para que a filha pegasse a arma de choque, mas o dispositivo não funcionou. A filha então correu para pedir ajuda. Rosenilda chegou a ser socorrida e levada para o hospital de Sidrolândia, mas não resistiu. Ela levou ao todo 20 facadas.

O marido, tinha cinco ferimentos de faca e estava em estado grave. Por este motivo, precisou ser transferido para Campo Grande. Na residência foram apreendidas duas facas sujas de sangue a máquina de choque. A Polícia Civil de Sidrolândia investiga o caso.

Mais notícias