Exposedecg: mais dois procuram delegacia após acusação de tentativa de estupro no Twitter

Quatro homens já haviam procurado a delegacia para registrar boletins de ocorrência por estupro

Na noite a terça-feira (2), um rapaz de 27 anos procurou a delegacia e polícia de Campo Grande, depois de ser acusado no Twitter de tentar estuprar uma mulher. As acusações teriam sido publicadas, a partir da hashtag Exposedcg, criada para expor abusos.

Segundo o relato do rapaz, uma mulher teria publicado no Twitter nesta terça (2), que ele havia tentado estuprá-la. Na delegacia, ele levou prints dos posts publicados pela mulher. O jovem disse que tomou conhecimento de que estava sendo acusado do crime por um amigo. Um outro rapaz de 21 anos também procurou a delegacia afirmando ter sido acusado de forma leviana em publicações no Twitter.

Na delegacia, ele disse que foi acusado de importunação sexual por uma mulher, e o post teria sido compartilhado por 28 perfis na rede social. Segundo ele, as acusações seriam falsas.

Ainda nesta terça (2), outros três homens procuraram a delegacia para registrarem boletins de ocorrência por calúnia. Em uma das denúncias, o rapaz disse que estava sendo acusado levianamente.

#Exposedcg

A hashtag ficou entre os assuntos mais comentados do Brasil na noite de segunda-feira, após várias mulheres, homens, adolescentes e adultos denunciarem casos de estupro e assédio que sofreram em Campo Grande. Os supostos autores dos crimes são amigos, familiares, colegas de trabalho ou de escola, professores, empresários, fotógrafos, entre vários outros

As vítimas devem procurar a delegacia para denunciarem. Podem ser feitos registros em quaisquer delegacias e as vítimas, se preferirem, podem ir até a Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente) ou Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher).

As denúncias podem ser feitas até 20 anos após eles serem cometidos, sendo que no caso de crianças ou adolescentes os crimes prescrevem só 20 anos após a vítima completar 18 anos. Também pode ser feita denúncia pela Delegacia Virtual, caso a vítima não queira procurar pessoalmente uma unidade policial.

Exposedecg: mais dois procuram delegacia após acusação de tentativa de estupro no Twitter
Mais notícias