Ex-interno da Unei pega 27 anos por torturar e matar garoto que estuprou criança

Crime aconteceu dentro da Unei de Três Lagoas

Foi condenado a 27 anos de prisão Jorge Douglas da Silva de 20 anos, pelo assassinato do adolescente de 16 anos, Lucas de Souza Araújo, em novembro de 2017 em uma cela da Unei (Unidade Educacional de Internação) Tia Aurora.

O julgamento de Jorge aconteceu nesta quarta-feira (19), sendo que ele já estava preso desde a época do crime. Lucas foi torturado e estuprado dentro de uma cela da Unei por vingança, após o autor ter descoberto que o garoto havia abusado de um menino de 6 anos, em Paranaíba.

Segundo o site JP News, Jorge foi ouvido por videoconferência já que está ocupando uma cela do presídio de Dourados. Na época do crime, tanto a vítima como o autor dividiam a mesma cela. O autor foi transferido na semana seguinte para o presídio de Dourados, já que havia completado 18 anos.

A defesa alegou insanidade mental para Jorge. Um laudo apresentado teria apontado que ele seria considerado um psicopata.

Mais notícias