Espancada pelo marido a tijoladas, indígena morre em hospital de Dourados

Mulher estava internada desde o dia 11 de outubro no Hospital Vida

Maricléia Benites, de 25 anos, que estava internada no Hospital da Vida desde o dia 11 de outubro, quando foi espancada pelo marido, de 34 anos, morreu por volta das 10h55 desta quarta-feira (21). Ela foi agredida a tijoladas.

Segundo o boletim de ocorrência, a vítima morava na aldeia Bororó, porém a agressão teria acontecido na casa da sogra, localizada na Jaguapiru. Quem fez a denúncia à polícia foi a própria mãe do suposto agressor.

A mulher relatou aos policiais que Maricleia e Eliston viviam brigando e que o filho já havia sido preso por violência doméstica e que consta contra ele uma medida protetiva.No dia da agressão, novamente o casal passou a brigar até que, num determinado momento, o homem atingiu a esposa com tijoladas no rosto.

A vítima então foi socorrida e levada ao Hospital da Vida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), porém não resistiu e veio a óbito hoje. A polícia faz diligências nas duas aldeias para tentar localizar o agressor.

Espancada pelo marido a tijoladas, indígena morre em hospital de Dourados
Mais notícias