Encontro marcado em site de relacionamento vira caso de polícia em cidade de MS

Homem se recusou a sair com transexual e acabou perdendo mais de R$ 4 mil

Um homem de 30 anos procurou a polícia nesta quarta-feira (25) em Dourados, maior cidade do interior de Mato Grosso do Sul, porque teria sido enganado em encontro marcado por meio de um aplicativo de relacionamento. Segundo a ocorrência, a vítima acabou extorquida.

Segundo a ocorrência registrada na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), a vítima contou que teria entrado em contato com uma mulher a partir de fotografias publicadas no Tinder e que os dois trocaram algumas mensagens.

Ainda segundo a vítima, a mulher informou que era garota de programa, mas não teria dito se cobraria por seus serviços. Mesmo assim, eles combinaram um encontro no Parque Nova Dourados. Ao chegar no local, ele percebeu que se trata de uma transexual.

“Agora você não me quer; mas eu quero receber mesmo assim; problema é seu se você não olhou as fotos direito; você tem que me pagar”, teria dito a trans. O rapaz disse ter pago R$ 50 e foi embora com seu veículo. Conforme a ocorrência, o encontro aconteceu no dia 16 de novembro às 21h37.

Entretanto, segundo o homem, no dia 24 a trans voltou fazer contato por meio de ligações e mensagens. Em uma delas escreveu: “ Olha aqui, você vai depositar pra mim o quanto eu quiser porque se não vou postar para seus amigos em todas redes sociais nossas conversas”, ameaçou.

Pressionado, o rapaz relatou à polícia que nesse mesmo dia realizou dois depósitos, um no valor de R$ 480,00 e outro no valor de R$ 1.500,00. No dia seguinte, a trans teria voltado a solicitar novos depósitos. Ainda segundo a ocorrência, a vítima fez uma nova transferência, desta vez no valor de R$ 2.000,00.

Encontro marcado em site de relacionamento vira caso de polícia em cidade de MS
Mais notícias