Durante operação, vendedor da Pantanal Cap acabou preso com munições

Já havia mandado de prisão contra ele

Na manhã de quarta-feira (2), durante a sexta fase da Omertà, denominada ‘Arca de Noé’, Cláudio Rosa de Moraes, de 53 anos, também foi detido em flagrante. Ele se apresenta como vendedor de título de capitalização da Pantanal Cap e foi flagrado com munições sem registro em casa durante cumprimento de mandado.

Conforme as informações da polícia, equipes cumpriam mandado na casa de Cláudio, no Carandá, e encontraram as munições em cima do armário no quarto dele. Ele ainda alegou que o quarto não era dele, mas do cunhado que morou no local até fevereiro deste ano. Também afirmou não saber da existência das munições.

O cunhado de Cláudio foi ao local e chegou a dizer que as munições eram dele, bem como teria registro de arma de fogo, mas não soube dar detalhes sobre tal registro. Com isso, Cláudio acabou encaminhado para o (Delegacia Especializada de Repressão a a Banco e Resgate a Assaltos e Sequestros).

Ele responderá por posse irregular de arma de fogo de uso permitido. Na casa, foram apreendidas 18 munições, além de carregadores de pistola e outras peças de armas.

Arca de Noé

Além de Cláudio, outras pessoas foram presas mediante cumprimento de mandado. São eles Augustinho Barbosa Gomes; Darlene Borges; José Ney Martins, Cícero Balbino; Leonir Pereira de Souza; Raimundo Nery de Oliveira; Patrícia Pereira Lyra; Tatiana Freitas; Marcilene de Lima Ferreira; Renato de Lima Fontalva e Ricardo Alexandre Cáceres Gonçalves.

A sexta fase da Omertà cumpriu também mandados de busca e apreensão e bloqueou R$ 18 milhões das contas da Pantanal Cap. A empresa foi alvo da ação e foi lacrada, mediante determinação da Justiça. Agora, deve parar as atividades. Conforme apurado anteriormente pelo Midiamax, as equipes foram tiradas das ruas e a vendas dos títulos de capitalização suspensas, bem como o próximo sorteio foi cancelado. A empresa cogita devolver o dinheiro dos clientes.

Além da sede, também foram cumpridos mandados na casa do deputado , filho de , alvo da primeira Omertà e também dono da Pantanal Cap.

Durante operação, vendedor da Pantanal Cap acabou preso com munições
Mais notícias