Dupla suspeita de envolvimento com o PCC é presa durante operação

Homens foram encaminhados à Polícia Civil em Coxim

Dois homens identificados apenas como E.S.S. e F.P.S.foram presos nesta terça-feira (05) em Coxim, a 253 quilômetros de Campo Grande, durante a Operação Piromania, deflagrada pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado) em quatro cidades de Mato Grosso do Sul, com apoio do Bope (Batalhão de Operações Especiais) e Batalhão de Choque da .

A dupla é suspeita de integrar a facção criminosa (Primeiro Comando da Capital). Depois de serem encaminhados à Delegacia de para oitivas, eles foram levados ao Estabelecimento Penal Masculino de Coxim. Em Campo Grande, uma mulher de 76 anos e a filha também foram presas.

De acordo com o Gaeco, o objetivo da ação foi desarticular ramificações do que agiam no estado operando tráfico de drogas e lavagem de dinheiro, além de crimes coletados. Ao todo, foram expedidos 20 mandados de prisão preventiva, 13 mandados de prisão temporária e 22 mandados de busca e apreensão nas cidades de Campo Grande, Coxim, Bela Vista e Sidrolândia

O perfil criminoso dos alvos era tão acentuado que eles ostentavam fotografias queimando dinheiro oriundo do tráfico. O Ministério Público Estadual divulgou ainda que ao longo das investigações foram presas 13 pessoas em flagrante, além de apreendidos 578,41 quilos de maconha, 5,27 quilos de cocaína e 5,59 quilos de pasta base de cocaína. Nesta manhã foram apreendidos R$ 100 mil em espécie e 92 pacotes de cigarro contrabandeados.

Dupla suspeita de envolvimento com o PCC é presa durante operação
Mais notícias