Dupla é presa um mês depois de matar rapaz a facadas em briga de facções

Autores de 22 e 23 anos foram detidos após investigação

Na tarde de segunda-feira (11), rapaz de 22 anos foi preso mediante cumprimento de mandado pelo homicídio de Diogo Mendonça da Silva, de 28 anos. Ele é o segundo envolvido no crime e o comparsa, de 23 anos, foi preso no último dia 5. O crime aconteceu em Naviraí, a 359 quilômetros de Campo Grande no dia 10 de abril.

A primeira prisão, no dia 5, aconteceu durante mandado de busca e apreensão na casa do suspeito. No local foram encontradas munição calibre 38, balança de precisão com vestígios de crack, maconha e três celulares. Já na tarde de segunda-feira, o outro envolvido no crime foi detido em um terreno baldio em Naviraí.

Segundo as investigações do SIG (Setor de Investigações Gerais), o crime aconteceu porque Diogo seria de facção criminosa rival ao grupo criminoso que um dos suspeitos é ex-integrante.

Como aconteceu o crime

Conforme o Tá na Mídia Naviraí, naquele dia 10 de abril Diogo saiu de casa com um conhecido e encontrou com os autores. Eles o levaram de carro até uma rua no Jardim Paraíso, onde Diogo ainda tentou correr, mas foi perseguido e alcançado pelos suspeitos, que o derrubaram.

Os autores do crime esfaquearam a vítima várias vezes e deixaram o corpo de Diogo no local, que foi encontrado na manhã seguinte, por volta das 7h50, por pessoas que passavam por ali. Diego tinha ferimentos no pescoço, rosto, peito e braço.

Tráfico de drogas

Diogo tinha passagem por tráfico de drogas em 2018, quando foi detido em flagrante pelo DOF (Departamento de Operações de Fronteira) na Rodovia MS-156. Ele estava com um comparsa em um Voyage e levava aproximadamente 1 quilo de crack e 225 gramas de skunk, a ‘supermaconha’.

Ele chegou a confessar que buscou a droga em Sanga Puitã e entregaria em Naviraí por R$ 1 mil.

Dupla é presa um mês depois de matar rapaz a facadas em briga de facções
Mais notícias