Polícia

Dono de restaurante é preso durante operação contra roubo de gado em MS

Nesta sexta-feira (8), equipes da Polícia Civil e Polícia Militar fazem operação de combate a roubo, furto e receptação de gado em Porto Murtinho, cidade a 454 quilômetros de Campo Grande. Pelo menos três pessoas já teriam sido presas, entre elas o dono de um restaurante. A ação é realizada pela 1ª Delegacia de Polícia […]

Renata Portela Publicado em 08/05/2020, às 12h14 - Atualizado às 13h24

Operação acontece em Porto Murtinho (Foto: Porto Murtinho Notícias)
Operação acontece em Porto Murtinho (Foto: Porto Murtinho Notícias) - Operação acontece em Porto Murtinho (Foto: Porto Murtinho Notícias)

Nesta sexta-feira (8), equipes da Polícia Civil e Polícia Militar fazem operação de combate a roubo, furto e receptação de gado em Porto Murtinho, cidade a 454 quilômetros de Campo Grande. Pelo menos três pessoas já teriam sido presas, entre elas o dono de um restaurante.

A ação é realizada pela 1ª Delegacia de Polícia de Porto Murtinho, com apoio da Delegacia Regional de Jardim, juntamente com as delegacias de Bela Vista, Nioaque, 1ª DP de Jardim, DAM (Delegacia de Atendimento à Mulher de Jardim), Delegacia de Polícia de Caracol e GPA (Grupo de Patrulhamento Aéreo), com emprego do helicóptero. Conforme o Porto Murtinho Notícias, até agora três pessoas estão presas.

Entre os detidos estariam o dono de um restaurante na cidade, o genro dele e um terceiro rapaz, que já tem passagens pela polícia. São cumpridos mandados de prisão e de busca e apreensão em diversos locais, inclusive na zona rural de Porto Murtinho.

Vários comerciantes ligados ao ramo de carnes, supermercados e açougues estão sendo visitados pela polícia. Entre as vítimas de abigeato estão empresários e fazendeiros do município além de ao menos dois políticos. Duas armas supostamente utilizadas para abate de animais foram apreendidas. O Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Bancos, Assaltos e Sequestros) também dá apoio.

Jornal Midiamax