Dono de rancho é autuado em R$ 1 mil por pesca no rio Taquari durante piracema

O pescador responderá por crime ambiental de pesca predatória

Um pescador, de 67 anos foi multado em R$ 1 mil por forçar a tentativa de pesca em período de piracema na cidade de Coxim, distante a 258 quilômetros de Campo Grande. Policiais ambientais da Capital estiveram em seu rancho no Rio Taquari, na tarde desta terça-feira (25).

No rancho em questão estavam um molinete com vara armado em um tablado e com iscas que seriam colocadas no anzol. As equipes de militares ambientais recolheram os apetrechos que estavam no rancho, que fica próximo à cidade de Coxim, mas cerca de 200 metros da BR-163.

O proprietário do rancho havia dito para a PMA que pescava somente de barranco utilizando os apetrechos que foram recolhidos e que não havia capturado nenhum peixe até então.

Além de ser autuado administrativamente e multado, o pescador responderá por crime ambiental de pesca predatória e se condenado, pode pegar de um a três anos de prisão.

Mais notícias