Dois dias após fuga, homem que matou mulher com golpes de martelo é preso

Jucileide foi encontrada morta em casa pelo filho de seis anos

O homem que matou a namorada a golpes de martelo foi preso em Culturama, distrito de Fátima do Sul, a 237 km de Campo Grande. Ivonil Gomes de Freitas era conhecido como ‘Paraguai’ e confessou o crime aos policiais. Ele estava sendo procurado desde quinta.

‘Paraguai’ estava escondido no banheiro de uma casa em Culturama, onde foi encontrado e depois conduzido à delegacia. Foi cumprido o mandado de prisão expedido pelo juiz Vitor Zampieri, da 1° Vara do Poder Judiciário da Comarca de Fátima do Sul. Ivonil será ouvido neste sábado (22).

Ivonil confessou ter assassinado Jucileide Barbosa de Oliveira, de 40 anos. O corpo dela foi encontrado pelo filho de 6 anos na quinta-feira (20), ao lado da cama. Ela foi assassinada a golpes de martelo e de facadas.

Jucileide foi encontrada morta caída ao lado da cama com vários ferimentos de golpes de martelo na cabeça e um corte profundo no pescoço. Ela também tinha lesões nos braços, o que demonstra que tentou se defender de ser assassinada.

Segundo o delegado que atendeu o caso, Humberto Peres Lima, o filho de 6 anos de Jucileide foi quem encontrou o corpo da vítima. A criança teria acordado logo cedo e cruzou com o padrasto no corredor da casa afirmando que estava saindo para trabalhar, quando o menino entrou no quarto da mãe a viu caída ao lado da cama. O socorro foi chamado, mas a mulher já estava morta.

Peres ainda disse que no ano passado Jucileide havia registrado um boletim de ocorrência contra ‘Paraguai’ e pedido medidas protetivas contra ele, mas voltou a conviver com o homem.

Mais notícias