‘Disse que eu não era homem’, amigo matou ‘Nego’ esfaqueado em frente a mercado

Antes de morrer, vítima disse ser do PCC (Primeiro Comando da Capital)

Foi preso na noite desta quarta-feira (15), um homem conhecido como ‘baianinho’ pelo assassinato de Antônio Deosdete Brito de Oliveira de 35 anos, na cidade de Brasilândia a 382 quilômetros de Campo Grande. A vítima foi morta com uma facada no tórax.

Informações do boletim de ocorrência são de que o crime aconteceu nesta quarta (15), depois dos amigos beberem pinga em frente a um supermercado da cidade, na região central. Uma testemunha contou que viu os dois homens discutindo sendo que Antônio estava com um cabo de vassoura nas mãos após ser chamado para ‘briga’ pelo autor.

Armado com uma faca, ‘baianinho’ desferiu num golpe no tórax de Antônio que entrou correndo e sangrando para a casa da testemunha. O socorro foi chamado, mas a vítima não resistiu e morreu. Com as características do autor, a polícia acabou encontrando ele correndo por uma rua.

Durante a sua prisão, ele disse que teria discutido com Antônio após uma bebedeira, e que a vítima teria dito que era do PCC (Primeiro Comando da Capital), e que ‘baianinho’ não era homem, momento em que desferiu a facada no amigo. Ele foi levado para a delegacia e autuado por homicídio simples.

‘Disse que eu não era homem’, amigo matou ‘Nego’ esfaqueado em frente a mercado
Mais notícias