Dado como desaparecido, motorista de aplicativo fazia corrida em outra cidade

Ele desligou o celular para fazer corridas particulares

O motorista de aplicativo dado como desaparecido na segunda-feira (19), em Campo Grande, apareceu e está bem. Ele disse que, diferente do que imaginado, ele não sumiu e estava apenas prestando serviço particular na cidade de Sidrolândia, motivo pelo qual desligou o celular.

Conforme noticiado, a esposa disse que o marido havia saído de casa no domingo (18), e até na segunda-feira ela não havia conseguido contato com o marido por telefone. Ela chegou a acionar a dona do carro que ele usa para trabalhar, já que o veículo é rastreador. Porém, a proprietária dizia não saber desde que horas o rastreador estava desligado. Sendo assim, a esposa procurou a e registrou boletim de ocorrência.

No entanto, logo após voltar para Campo Grande, o motorista compareceu à 3ª Delegacia de Polícia para prestar esclarecimentos. Ele conta que recebeu solicitação de corrida até Sidrolândia, aceitou e, chegando lá, o passageiro pediu que ele continuasse prestando serviços particulares. Por este motivo, desligou o celular e, após encerrar o serviço, já de noite, recebeu R$ 500 e voltou para a casa.

Dado como desaparecido, motorista de aplicativo fazia corrida em outra cidade
Mais notícias