Polícia

Contra o coronavírus, Exército fez 23,5 mil máscaras e repatriou 4.415 brasileiros

O Exército Brasileiro produziu 23,5 mil máscaras de proteção e 5,5 mil litros de produtos de higienização e ainda ajudou a repatriar 4.415 brasileiros no Mato Grosso e em Mato Grosso do Sul, durante operações de combate à pandemia do coronavírus (Covid-19). Conforme o CMO (Comando Militar do Oeste), o trabalho foi feito com com […]

Renan Nucci Publicado em 08/05/2020, às 16h48

Militares durante operação na fronteira. Foto; Divulgação
Militares durante operação na fronteira. Foto; Divulgação - Militares durante operação na fronteira. Foto; Divulgação

O Exército Brasileiro produziu 23,5 mil máscaras de proteção e 5,5 mil litros de produtos de higienização e ainda ajudou a repatriar 4.415 brasileiros no Mato Grosso e em Mato Grosso do Sul, durante operações de combate à pandemia do coronavírus (Covid-19). Conforme o CMO (Comando Militar do Oeste), o trabalho foi feito com com apoio de agentes de saúde e forças de segurança que atuam nos dois Estados.

De 20 de março a primeiro de maio, foram realizadas 652 operações de apoio no controle de linha de fronteira, 49 instalações públicas foram descontaminadas, foram feitas ainda 98 ações de inspeções navais e patrulhas fluviais, bem como foi dado apoio em 21 operações realizadas por unidades de saúde. Foi ainda prestada instrução técnica de efetivos.

Em Ponta Porã, o 11° Regimento de Cavalaria Mecanizado criou pontos de bloqueio na linha internacional, como forma de controlar o fluxo de veículos durante a pandemia do coronavírus. A ação tem como objetivo restringir a entrada de estrangeiros no Brasil, sendo que tal restrição não se aplica a brasileiros, a imigrantes autorizados e profissionais prestadores de serviço, desde que devidamente identificados e em situação regular.

Jornal Midiamax