Com corpos em decomposição, mais 2 execuções são investigadas na fronteira com MS

Segundo a polícia, as duas pessoas executadas podem estar vinculados ao plantio e processamento de maconha na região

Mais duas execuções estão sendo investigadas pela Polícia Nacional do Paraguai. Os corpos, que já estavam em decomposição, foram descobertos na quarta-feira (28) em uma área localizada em Bela Vista Norte, na fronteira com o Mato Grosso do Sul.

Uma das vítimas foi identificada como Ronald Alfredo Escobar Rotela, de 26 anos  e a outra, é conhecida apenas como largo. Os corpos foram vistoriados pelo médico legista Marcos Prieto, que acredita as execuções aconteceram de três a cinco dias.

Segundo informações apuradas até agora pela polícia, Segundo a Polícia Nacional, o dois podem estar vinculados ao plantio e processamento de maconha. No local foram encontrados restos de maconha picada.

Com base em depoimentos de um segurança de uma empresa localizada nas proximidades, trabalha com a hipótese de que o autor do crime seria um homem com idade entre 35 a 40 anos, identificado como Wilfrido e é apelidado de Magiver. No local também foi encontrada uma motocicleta vermelha, da marca Taiga 125.

Com corpos em decomposição, mais 2 execuções são investigadas na fronteira com MS
Mais notícias