Com apoio do Bope, PM traça plano de defesa para frear roubos do ‘novo cangaço’

Municípios da região Norte de MS têm sido os principais alvos

Oficiais da Polícia Militar de Três Lagoas, Chapadão do Sul, Coxim, Sonora, Pedro Gomes, Bataguassu, Paranaíba e São Gabriel do Oeste, municípios localizados nas divisas com São Paulo, Mato Grosso, Goiás e Minas Gerais, estiveram reunidos nesta semana com o Bope (Batalhão de Operações Especiais), a fim de discutir plano de defesa. 

O objetivo é tratar das estratégias de ações preventivas e repressivas contra o crime organizado, especialmente grupos especializados nos roubos do ‘novo cangaço’. Detalhes do encontro não foram divulgados por questões de segurança. Nesta modalidade de assalto, os criminosos atacam bancos, agências dos Correios e Lotéricas, explodindo cofres, fazendo refém e atacando forças policiais.

Chapadão do Sul, por exemplo, em 2018 foi palco de ataque a uma agência do Banco do Brasil e outra da Caixa Econômica Federal. Parte da quadrilha foi para frente do quartel da Polícia Militar e outra parte para o prédio da Polícia Civil. Eles efetuaram disparos contra os prédios para impedir que os policiais saíssem do local. 

No ano passado, criminosos roubaram uma agência dos Correios em Coxim. Também houve em 2016 roubo a banco em Sonora e no final do ano passado quadrilha foi presa em flagrante planejando furto a banco em Paranaíba. A proximidade com outros estados facilita aproximação e a fuga dos bandidos.

Sistema de videomonitoramento foi instalado para fortalecer a segurança nos municípios da região norte. Em Rio Verde, a Polícia Militar conta com câmeras de segurança e já está em fase de implantação o monitoramento em Sonora e Pedro Gomes. No caso de Rio Verde, o sistema foi implantado em outubro passado, em parceria com o Conseg (Conselho Comunitário de Segurança).

 

Com apoio do Bope, PM traça plano de defesa para frear roubos do ‘novo cangaço’
Mais notícias