Briga no Colibri termina com guarda baleado e homem de 33 anos preso

Além dos disparos, suspeito estava dirigindo embriagado

Guarda civil metropolitano foi baleado ao testemunhar uma briga entre dois homens na noite de sexta-feira (11), na região do , em Campo Grande. Foram efetuados três disparos, dos quais um o atingiu a vítima na virilha. O autor foi preso e, além dos crimes referentes aos tiros, também vai responder por dirigir embriagado.

Conforme boletim de ocorrência, a se deslocava pela , quando foi abordada pelo guarda, que alegava que alguns indivíduos teriam brigado e um deles, que estava em um veículo Mercedes-Benz prata, havia atirado com um revólver calibre 38. Na confusão, o guarda acabou ferido na perna pelo tiro.

Os policiais então passaram a fazer rondas e localizaram o suspeito. Ele estava com sinais de embriaguez e foi submetido ao , que testou positivo para consumo de bebidas alcoólicas. Diante dos fatos, recebeu voz de prisão foi encaminhado ao Cepol (Centro Especializado de Polícia Integrada). Foi apreendido um celular com ele, mas a arma não foi localizada.

O guarda foi encaminhado para atendimento na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Tiradentes, acompanhado por superiores da corporação. O autor responde por lesão corporal dolosa, porte ilegal de arma de fogo de uso permitido, disparo de arma de fogo e por dirigir embriagado. As circunstâncias da briga que resultou nos tiros não foram divulgadas.

Briga no Colibri termina com guarda baleado e homem de 33 anos preso
Mais notícias