Brasileiro está entre mortos encontrados com corpos empilhados em matagal na fronteira

Adolescente de 16 anos encontrada morta teria sido estuprada

Um brasileiro com passagens pela polícia está entre os mortos encontrados em uma área de mata nesta segunda-feira (13) no distrito de Presidente Franco, no município paraguaio Alto Paraná. Uma adolescente de 16 anos também foi identificada. Ela teria sido estuprada e o irmão de 21 anos, também foi morto.

Os quatro mortos foram identificados como Edilio Fernando Villalba, 46 anos, o brasileiro Julián Samuel Duarte, com antecedentes criminais, Gustavo Daniel Villalba Giménez, 21 anos, e a irmã Karina Soledad Villalba Giménez, 16 anos. Os corpos estavam empilhados um em cima do outro, enrolados em um cobertor. 

Policiais e a perícia estiveram em uma casa onde possivelmente aconteceu o crime. O proprietário ainda não foi localizado e está na lista de suspeitos de cometer o crime. No local foram encontrados rastros de sangue.

Os corpos foram vistos por moradores do bairro Três Fronteiras que passavam pela região. Eles perceberam uma trilha improvisada e chegaram até as vítimas, quando acionaram as autoridades paraguaias. Vestígios indicaram que as vítimas foram executadas a tiros em outro local durante a madrugada, depois levadas até o matagal. 

Mais notícias