Brasileira é resgatada por homens armados em hospital na fronteira após ser sentenciada por tráfico

Mulher estava em cidade vizinha a Ponta Porã, em MS

A brasileira Luzinei Diana Maciel de 39 anos foi resgatada por homens fortemente armados do hospital de Pedro Juan Caballero, no Paraguai, logo após receber uma sentença de sete anos de prisão por tráfico de drogas na cidade paraguaia que é vizinha a sul-mato-grossense Ponta Porã, na noite desta terça-feira (27).

Após ser sentenciada no prédio do Tribunal de Penas de Pedro Juan Caballero, grávida, Luzinei foi levada ao Hospital Regional da cidade. No local, teriam chegado de três a quatro homens fortemente armados que renderam os policiais que faziam a escolta, a resgataram e a levaram embora em uma caminhonete.

José Ayala, subchefe de Investigação Criminal, disse à rádio Império FM que estão sendo investigadas as circunstâncias em que ocorreu o resgate. Ele conta que antes de ser levada ao presídio feminino, Luzinei foi transferida para diagnóstico médico, já que está grávida e foi necessária uma avaliação médica.

A polícia do país vizinho acredita que o marido de Luzinei possa ter participado do resgate. Luzinei foi condenada a sete anos de prisão por porte, tráfico e comercialização de maconha em  2016, quando a mulher foi surpreendida em sua casa com 1,2 tonelada de maconha. Antes de ser condenada, ela estava em prisão domiciliar. A polícia Paraguai faz buscas pela mulher.

Brasileira é resgatada por homens armados em hospital na fronteira após ser sentenciada por tráfico
Mais notícias