BMW do PCC, morto com 3 tiros na cabeça, sofreu atentado há três meses

Foi assassinato com dois tiros no rosto e um no abdômen

Ailton Larucci de 25 anos conhecido como BMW do (Primeiro Comando da Capital) assassinado, no Jardim Zé Pereira, em Campo Grande, já havia sofrido um atentado antes de ser morto com três tiros na noite desta terça-feira (24).

Informações passadas por testemunhas são de que BMW do há 3 meses havia sofrido uma tentativa de assassinato quando ficou internado para se recuperar. E na noite desta terça (24) acabou morto com três tiros sendo que dois atingiram seu rosto e um outro o seu abdômen.

Ainda de acordo com testemunhas os assassinos estavam em uma motocicleta de cor vermelha quando chegaram na rua Eugênio Peron e ao avistarem BMW do fizeram disparos contra ele, que estaria acompanhado de outras pessoas. O Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) chegou a ser acionado, mas a vítima já estava morta.

Os autores do crime estavam com a placa da motocicleta para dificultar a identificação do veículo. Não há informações se no local haviam câmeras de segurança que possam ter gravado o momento do assassinato.

BMW do PCC, morto com 3 tiros na cabeça, sofreu atentado há três meses
Mais notícias