Bebida, arma e confusão: vídeo mostra prefeito em tumulto por causa de outdoor do Bolsonaro

A PM levou o prefeito para a delegacia

Uma briga que teria sido causada por causa de um outdoor do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) terminou em confusão com ameaças, xingamentos, arma e latas de cerveja na mão, entre o prefeito Mário Kruger (PSD) e populares na tarde deste sábado (19) em Rio Verde de Mato Grosso, cidade a 203 quilômetros de Campo Grande.

“Onde era o antigo circo, colocaram um outdoor com a foto do Bolsonaro, mas o prefeito não gostou e foi lá armado e bêbado querendo balear todo mundo”, diz um morador que estava no local e prefere não se identificar. Várias outras pessoas entraram em contato com a reportagem dizendo que o prefeito foi ao local por causa do outdoor de Bolsonaro.

O advogado Diogo Casagranda disse à reportagem que o prefeito estava passando pelo local e foi tirar satisfação com apoiadores de um adversário político que o teriam ameaçado. “Ele não foi lá para arrancar outdoor do Bolsonaro”, diz.

O prefeito chegou armado ao local, onde populares pegaram o revólver dele. Em um dos vídeos, aparece um homem puxando o revólver que está na parte de trás da cintura do prefeito. Depois, com o revólver na mão, o mesmo homem faz xingamentos contra o prefeito.

Ainda segundo o advogado, o prefeito não estava embriagado.  Logo após a confusão, A Polícia Militar foi até a casa do prefeito e o levou para a delegacia. Mario Kruger não possui porte de arma.  “Por conta das eleições, está tendo muita briga aqui” diz outra moradora. (Alterada para acréscimo de informações)

 

Bebida, arma e confusão: vídeo mostra prefeito em tumulto por causa de outdoor do Bolsonaro
Mais notícias