Assassino de Everton se apresenta a polícia e alega legitima defesa para morte em frente de festa

A faca usada no crime foi entregue a polícia e passará por perícia

O assassino de Everton Quebra de Oliveira, de 29 anos, morto a facadas no domingo (22) em uma festa no Caiobá, em Campo Grande, se apresentou à polícia no fim da tarde desta quarta-feira (25), na 6º Delegacia de . Ele alegou legitima defesa.

Para o delegado Giuliano Biaccio, Peterson disse que não empurrou a menina e muito menos desferiu tapas no rosto dela, que apenas verbalizou com ela para que desencostasse do carro dele. Sendo que neste momento entrou no veículo e o colocou mais próximo a esquina.

Quando tentou sair de dentro do carro foi cercado por um grupo e passou a agredi-lo com socos e chutes e para se defender pegou numa faca que estava na porta do carro e passou a desferir facadas ao esmo. O autor ainda disse que Everton teria dado uma ‘voadora’, no autor que acabou fincando a faca no abdômen.

A faca usada no crime foi entregue para a polícia e passará por perícia. O autor foi ouvido e liberado. Várias testemunhas foram ouvidas. A esposa de Everton, ninguém da família conhecia o autor. Eles estavam em uma festa de aniversário do irmão da vítima, quando houve uma briga entre os familiares.

Com isso, uma das sobrinhas da viúva saiu chorando do local de festas e a outra menina de 15 anos foi atrás para consola-la sendo que encostaram no carro do autor, que mora ao lado e neste momento ele teria de maneira ríspida mandado que as meninas saíssem sendo que a garota respondeu que não precisava de tudo aquilo.

Foi neste momento em que o autor desferiu um tapa no rosto da adolescente e todos saíram do salão para ver o que estava acontecendo. Um dos sobrinhos de Everton foi tentar defender a menina e quase foi esfaqueado. A vítima também entrou na defesa e acabou ferida com um golpe na barriga.

Everton chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu. A viúva do rapaz ainda disse que antes de fugir, o autor teria tentado atropelar quem estava na frente do salão de festas.

 

Assassino de Everton se apresenta a polícia e alega legitima defesa para morte em frente de festa
Mais notícias