Após briga em praça, homem é esfaqueado na orelha e morre no hospital

Ele recusou atendimento médico e passou mal na delegacia enquanto prestava depoimento

Na manhã desta terça-feira (13) um homem de 35 anos morreu após ser esfaqueado na orelha, na Praça da Rodoviária, em Três Lagoas, distante 326km da Capital. Ele se envolveu em uma briga e foi esfaqueado duas vezes, recusou atendimento médico mas precisou ser encaminhado ao hospital após passar mal na delegacia, enquanto prestava depoimento.

Segundo informações do registro policial, ao chegar no local a vítima Evandro Ribeiro estava com a mão sobre a orelha esquerda, tentando estancar o sangramento. Conforme relato dele à PM, o autor estava com a esposa de Evandro, que foi tirar satisfações. Ele foi atingido com duas facadas na orelha esquerda.

O SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) compareceu à praça e Evandro se recusou a ser levado até o Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, no município.

Em seguida, os dois foram encaminhados à delegacia. Lá, disse aos policiais que “se não ficasse preso iria matar Evandro”. Durante a confecção do boletim de ocorrência, Evandro começou a passar mal e sangrar pela boca. Outra equipe do SAMU foi acionada e, só então, conduziram a vítima ao hospital.

Por volta do meio-dia, Evandro faleceu no hospital devido ao agravamento das lesões. A faca utilizada no crime não foi apresentada aos PMs. O caso foi registrado na 1ª Delegacia de Três Lagoas como homicídio qualificado por motivo fútil.

Após briga em praça, homem é esfaqueado na orelha e morre no hospital
Mais notícias