‘Anjo da morte’ que sofreu acidente ao fugir da PM morre no hospital

Rapaz era suspeito de envolvimento em furtos e sofreu acidente durante fuga

Ângelo Soares dos Santos, 30 anos, mais conhecido como “Anjo da Morte” morreu nesta segunda-feira (18), 87 dias após sofrer um acidente fugindo da de Coxim, a 253 quilômetros de Campo Grande. Ele estava internado na e a morte dele foi confirmada por familiares.

O acidente aconteceu no dia 21 de fevereiro. Os policiais receberam uma denúncia informando que dois homens haviam arrombado um rancho próximo ao Barranco Vermelho, depois seguiram em direção à zona urbana. Os policiais realizaram uma barreira na estrada pantaneira e deram ordem de parada ao condutor da motocicleta, que não obedeceu e fugiu em alta velocidade.

Os policiais iniciaram uma perseguição, dando sinais luminosos e sonoros, quando o garupa da moto efetuou um disparo. Os policiais então efetuaram um tiro de elastômero, e mesmo assim os suspeitos continuaram em fuga. Na avenida , o condutor acabou derrapando a motocicleta no asfalto molhado da chuva e bateu a moto em uma árvore. Mesmo após o acidente ele fugiu do local a pé.

Conforme noticiado pelo Edição MS, Ângelo sofreu um TCE (Traumatismo Craniano Encefálico), foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado para o Pronto Socorro do Hospital Regional Álvaro Fontoura, porém devido à gravidade dos ferimentos ele foi transferido, no sistema vaga zero, para Campo Grande.

No local do acidente ficaram duas mochilas, pertencentes aos autores, com várias munições de diversos calibres. Uma espingarda dispensada durante a fuga também foi encontrada. Com o apoio da Força Tática, o condutor foi encontrado em sua residência, localizada na rua América. No local também foram localizados diversos produtos furtados.

'Anjo da morte' que sofreu acidente ao fugir da PM morre no hospital
Mais notícias