Agendada audiência de homem que matou amiga travesti com 7 facadas no pescoço

Réu alega que agiu porque a vítima afirmou ter incorporado um espírito

A Justiça agendou para o dia 8 de julho, às 14 horas, a audiência de instrução e julgamento de Fábio Barbosa dos Santos, que matou a amiga , identificada apenas como Jennifer, com sete facadas no pescoço. O crime ocorreu no em março deste ano, no bairro Canaã 1, em Dourados, a 225 quilômetros de campo Grande.

O suposto assassino disse que agiu depois de ter a mãe ameaçada pela vítima. A afirmava estar descontrolada depois de ter incorporado uma ‘pomba gira’. Ao ser preso, Fábio contou que os dois estavam tomando pinga e consumindo cocaína, quando houve desentendimento.

“Matei porque ele foi falar da minha mãe. Ela falou que era da macumbaria e isso eu não aceito.Meu pai que é doente e teve três AVCs e não morreu e agora ele vem falar que minha mãe iria morrer no lugar dele. Aí baixou uma pomba gira e ele veio pra cima de mim. Ele apertou meu pescoço mas eu apertei o pescoço dele mais forte e ele perdeu a força.Ele caiu no chão e eu dei uma bicuda e depois dei as facadas “,  disse na ocasião da prisão, à polícia.

Durante a audiência, ele irá apresentar sua versão ao juiz do caso, assim como as testemunhas de acusação e de defesa.

Agendada audiência de homem que matou amiga travesti com 7 facadas no pescoço
Mais notícias