Servidor agarra colega dentro do presídio federal de Campo Grande e caso é investigado

Jovem de 19 anos foi segurada pelo servidor no banheiro do local e Delegacia da Mulher apura denúncia

Uma jovem de 19 anos procurou a (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) nesta quinta-feira (29) para registrar um boletim de ocorrência contra um servidor público federal, lotado no (Departamento Penitenciário Federal), que a agarrou dentro de um dos banheiros do presídio. A jovem disse que trabalha no local há 2 anos.

Na delegacia, a jovem contou que no dia 28 deste mês estava junto de sua colega de trabalho fazendo a limpeza da guarita, sendo que ela desceu para fazer a limpeza dos banheiros. Enquanto estava trabalhando, o servidor teria descido fingindo querer usar o banheiro.

Quando chegou na porta, a jovem teria dito que era para ele esperar terminar para poder entrar, mas ele teria afirmado que não estava lá para usar o banheiro. Ele ficou parado no meio da porta impedindo a passagem dela, momento em que começou a agarrá-la passando as mãos em suas partes íntimas e tentando beijar seu pescoço.

Ela passou a gritar por socorro, “solta eu, solta eu”. Momento em que a amiga ouviu os gritos e desceu perguntando o que estava acontecendo. O homem soltou a mulher que saiu do banheiro chorando.

O através de sua assessoria enviou nota afirmando que ocaso está sendo investigado, confira a nota na íntegra:

“O Departamento Penitenciário Nacional informa que o caso está sendo apurado pela Corregedoria-Geral do órgão, sem prejuízo das comunicações aos demais órgãos competentes”.

 

(Matéria alterada às 11:03 para acréscimo de informação)

Servidor agarra colega dentro do presídio federal de Campo Grande e caso é investigado
Mais notícias