Adolescente morto durante assalto a delegado estava foragido da UNEI

De acordo com informações, ele já tinha passagem por roubo

Foi identificado como Guilherme Alves dos Santos, 17, o adolescente que morreu durante assalto a um delegado de Polícia Civil, na noite desta sexta-feira (22) na Vila Polonês em Campo Grande.

De acordo com apurado pela reportagem, Guilherme, que tinha passagem por roubo, fugiu da Unei (Unidade de Internação Dom Bosco) há aproximadamente dois meses.

Caso

A Polícia Civil divulgou nota a respeito da tentativa de assalto contra o delegado Rodrigo Guiraldelli Yassaka da Deletran (Delegacia Especializada de Repressão a Crimes relacionados à Atividade Executiva de Trânsito), que ocorreu na Vila do Polonês e que terminou com a morte de Guilherme.

Segundo a polícia, no fim da tarde desta sexta, o delegado de polícia foi vítima de tentativa de assalto e, ao reagir, disparou contra o suspeito, que veio a óbito no local.

Ainda de acordo com a polícia, o delegado estava no interior de seu veículo e, no momento em que sua filha entrou no carro, foi abordado por dois homens, que cercaram o veículo. Um dos suspeitos chegou a abrir a porta do motorista, onde o policial estava, e, com uma faca, anunciou o crime.

O outro assaltante, no caso Guilherme, tentou abrir a porta do passageiro, onde estava a filha do policial. O delegado efetuou dois disparos, que o atingiu. O segundo autor conseguiu fugir.

A perícia foi acionada ao local e estava acompanhada de uma equipe da Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos), que irá investigar os fatos. O caso será registrado como roubo majorado pelo concurso de pessoas e emprego de arma branca e morte decorrente de intervenção policial.

Adolescente morto durante assalto a delegado estava foragido da UNEI
Mais notícias