Acusado de estuprar filha de amigos e ameaçar matar a família é condenado em MS

Ele cumprira 10 anos de prisão

Na última semana, homem de 52 anos morador em Aquidauana, cidade a 139 quilômetros de Campo Grande, foi condenado por crimes de estupro de , cometidos em 2006. A vítima, uma menina de 9 anos, é filha de um casal de amigos do réu, que trabalhavam com ele.

Segundo a denúncia, os envolvidos moravam na área rural, na região de Anastácio. O primeiro fato teria acontecido em 15 de novembro de 2006, quando o homem se aproveitou de um dia em que a criança foi sozinha para a escola. No caminho, ele a abordou e cometeu o estupro no matagal, nas margens da estrada.

Após os fatos, ele começou a ameaçar a menina e dizia que atearia fogo na casa dela com toda a família se ela contasse algo. A criança ainda foi estuprada pelo menos mais duas vezes pelo acusado, que sempre continuava com as ameaças. A vítima chegou a faltar aulas, para evitar ser encontrada por ele.

Só anos mais tarde, em 2012, quando a menina passou a morar na cidade com uma tia o crime foi revelado. Com quadro de depressão, a vítima foi questionada pela tia sobre o que estava acontecendo, quando ela conseguiu contar sobre os crimes. A partir daí a família procurou a polícia e o caso foi investigado.

Na última semana, foi definida pena de 10 anos de prisão ao réu, a serem cumpridos em regime fechado.

Acusado de estuprar filha de amigos e ameaçar matar a família é condenado em MS
Mais notícias