‘Você não é polícia’: Guarda Municipal é agredido durante briga generaliza

Levou um tapa no rosto

Um Guarda Civil Metropolitano de 39 anos foi agredido e xingado durante atendimento de uma ocorrência de briga generalizada no Distrito de Anhanduí. Um dos autores, de 19 anos, chegou a se apresentar como policial militar, porém não foi apresentado nenhum documento que comprovasse.

Conforme informações do boletim de ocorrência, A Guarda Civil Metropolitana foi acionada para comparecer no Distrito de Anhanduí, onde ocorria uma festa em uma associação e havia começado uma briga generalizada.

Ao chegar no local, a confusão teria acabado, mas quando entraram na associação, outra briga teve início. Um dos autores, de 21 anos, estava bastante alterado e começou a agredir os guardas, desferindo um tapa em seu rosto.

Ele foi contido, momento em que outro integrante da festa de 19 anos, começou a questionar a ação dos guardas, dizendo que não eram “Polícia” e que não poderiam realizar tal procedimento.

O jovem de 19 anos chegou a dizer que era policial Militar, diante da sua alegação, foi solicitado a apresentação da funcional, no entanto, não foi apresentado qualquer documento. Ele estava em visível estado de embriaguez, e muito alterado, sendo necessário o uso de algemas. Ele ainda teria ofendido os integrantes da guarnição com vários xingamentos.  O caso foi registrado como desacato na Cepol.

‘Você não é polícia’: Guarda Municipal é agredido durante briga generaliza
Mais notícias