Vizinha vai à polícia denunciar ameaças e descobre que casa está em chamas

Parte da residência ficou destruída

Na terça-feira (8), moradora no Bairro José Maksoud foi presa em flagrante após fazer ameaças e pedir para o irmão atear fogo na casa da vizinha, de 25 anos. A vítima estava na delegacia denunciando a autora quando recebeu ligação informando sobre o crime.

De acordo com a vítima, ela e a autora são vizinhas há quatro anos e já foram amigas, mas tiveram desentendimento e têm brigas rotineiras. As duas tiveram uma discussão no início da semana e a jovem afirma que foi ameaçada de morte pela vizinha, além de ela ter ameaçado atear fogo na casa.

Quando a vítima foi até a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga para denunciar a vizinha, recebeu ligação informando que a casa dela estava em chamas. A autora acabou presa em flagrante e a polícia descobriu que ela tinha mandado o irmão incendiar a casa da vizinha.

A suspeita foi presa por ameaça e incêndio criminoso e passa por audiência de custódia nesta quarta-feira (9). Ela alega que tinha sido agredida pela vizinha.

Mais notícias