Vítima fica inconsciente durante ataque de abelhas em Campo Grande

vítimas foram encaminhadas para a Santa Casa

Um idoso de 62 anos, que terá identidade preservada, chegou a ficar inconsciente durante ataques de abelhas na tarde desta quarta-feira (12) na Vila Glória, em Campo Grande. O filho dele de 14 anos também foi atacado, mas estava consciente e orientado, conforme o Corpo de Bombeiros.

De acordo com as informações apuradas pelo Jornal Midiamax, pai e filho estavam em um posto de combustíveis na rua Rui Barbosa, cruzamento com a João Pedro de Souza, quando foram atacados. Um rapaz que estava próximo ao local tentou matar as abelhas com produto químico, o que deixou elas mais alvoroçadas.

O idoso levou cerca de 15 picadas e o filho 10. O pai teve uma reação alérgica e chegou a ficar inconsciente, mas retomou a consciência após a chegada dos bombeiros. As vítimas foram encaminhadas para a Santa Casa de Campo Grande. Outras pessoas foram atacadas após as abelhas se dispersarem com o produto químico, mas sem gravidade.

Alerta

O Corpo de Bombeiros alerta que populares não mexam com as abelhas. “Apenas se for apicultor, caso contrário é orientado que acione os bombeiros, que irão fazer verificação do local e se há necessidade ou não do extermínio”, explicou o subtenente Air Dione Lopes.

“Caso não haja necessidade de extermínio, a pessoa deve aguardar apicultor no período noturno, que vai fazer a captura da mesma. Se houver a necessidade do extermínio, os bombeiros tem equipamentos para combate e proteção das equipes que atendem a ocorrência”, ressaltou Lopes.

A corporação em Campo Grande atende cerca de 4 chamadas por dia de ataques de abelhas e o subtenente alerta também sobre outros cuidados. “Isolem o local e não façam barulho, porque elas ficam agressivas com o barulho, saem e atacam. Sempre é importante ligar 193 no caso de abelhas ou marimbondos”, afirmou.

 

 

Mais notícias