Vítima de incêndio teria morrido intoxicada após se refugiar em banheiro 

O homem trabalhava no comércio no Centro e corpo foi reconhecido pelo irmão

Nilson Correa Barbosa, de 59 anos, teria morrido intoxicado por causa da fumaça depois de correr para o banheiro tentar se proteger de incêndio que consumiu funilaria na Avenida Calógeras, no Centro de Campo Grande.

Conforme o delegado Rodrigo Camapum, plantonista da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do centro, a forma com que o corpo foi encontrado aponta indícios de que a vítima pode ter acordado assustada com as chamas e teria corrido para o banheiro tentar se proteger do incêndio.

Além disso, segundo Camapum, o fogo teria tomado conta do local após um curto circuito, devido a quantidade de conexões nas tomadas que tinha no local. A perícia de engenharia da Polícia Civil realizará levantamento no local para apurar o que de fato aconteceu.

Nilson morava na funilaria e trabalhava com o irmão, que identificou o corpo após o incidente.

Mais notícias