VÍDEO: Imagens mostram que homem chegou com comparsa e decidido a matar drag

Ele tinha uma espécie de ‘comparsa’, alguém que o levou até o local e depois dirigiu durante a fuga

A polícia já teve acesso às câmeras de segurança que flagraram o momento em que Eder Henrique Brites Ferreira Coenga, de 27 anos, foi executado no bairro Santa Fé, em Campo Grande. Imagens mostraram que o autor atirou contra Eder após uma discussão rápida e que ele tinha uma espécie de ‘comparsa’, alguém que o levou até o local e depois dirigiu durante a fuga do local do crime. Eder era conhecido na Capital pelo seu talento como drag queen.

VÍDEO: Imagens mostram que homem chegou com comparsa e decidido a matar drag
Delegado explica que a suspeita é de que vítima e autor teriam combinado de se encontrar. (Foto: Marcos Ermínio)

O delegado José Roberto de Oliveira Junior, da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro, explica que Eder trabalhava há 11 anos em uma loja do Shopping. Ele tinha saído do trabalho e provavelmente teria marcado de se encontrar com o autor do crime.

Eles se encontraram na Frederico Soares, uma rua sem saída atrás do shopping. O suspeito chegou na região acompanhado de alguém que dirigia o carro. Ele desceu uma rua antes e foi caminhando até Eder. Segundo o delegado, Eder e o suspeito tiveram uma discussão muito rápida, de cerca de 30 segundos, até que o autor sacou a arma e atirou.

Eder foi atingido com um tiro, mas testemunhas relataram que ouviram dois disparos. Após atirar contra o rapaz, o autor correu até o carro que o esperava em outra rua e fugiu.

“A vítima provavelmente marcou de se encontrar com autor. Eder desceu a rua, parou quando o autor chegou e começou a discussão, que durou cerca de 30 segundos”, comentou o delegado. A polícia já tem um suspeito, mas a informação deve ser mantida em sigilo por enquanto.

(Colaborou Guilherme Cavalcante)

VÍDEO: Imagens mostram que homem chegou com comparsa e decidido a matar drag