VÍDEO: imagens mostram massacre em presídio durante guerra entre PCC e Clã Rotela

10 presos morreram decapitados e carbonizados

Imagens de câmeras de segurança de dentro do presídio de San Pedro, no Paraguai, a 254 quilômetros de Paranhos em Mato Grosso do Sul, mostraram o massacre que aconteceu dentro do estabelecimento penal, no dia 16 de junho, onde 10 detentos morreram carbonizados e decapitados.

As imagens mostram primeiro a movimentação normal na área externa da penitenciária onde os visitantes chegavam, nos corredores, sendo que depois de algum tempo começa a correria de detentos pelos corredores. Alguns se jogam no chão durante a guerra entre a facção criminosa (Primeiro Comando da Capital) e o Clã Rotela liderado pelo rei do crack, Armando Rotela.

Depois do massacre foi feita uma varredura na penitenciária com aproximadamente 200 policiais, que encontraram armas, celulares e pés de maconha, nas celas.  Vídeos em grupos de WhatsApp circulavam avisando sobre a rebelião. O ministro da justiça paraguaia, Julio Javier, disse na época, que as autoridades já haviam sido ameaçadas antes mesmo do motim acontecer, com vídeos que circularam afirmando que iriam derrubar a penitenciária.

No dia 14 de deste mês, o Ministério Público paraguaio apresentou denúncia contra os membros da facção criminosa (Primeiro Comando da Capital) pelo massacre. A denúncia apresentada contra 28 membros da facção por motim, homicídio intencional e tentativa de homicídio.

Entre os processados estão cinco brasileiros, Willian Santos De Jesús (25), Vagner Alexandre Knorst (29), Jackson Da Silva De Paula (29), Ronaldo César Dos Santos (30) e Edison Silva Da Cruz (25), além do chileno David. Andi Izquierdo Ibacache (31), segundo o site ABC Color.

VÍDEO: imagens mostram massacre em presídio durante guerra entre PCC e Clã Rotela
Mais notícias