VÍDEO: ‘Dou 500 pra vocês de boa, sou honesto’, diz engenheiro que tentou subornar PMs

Flagrante aconteceu na madrugada desta quarta-feira, na área central da Capital

O Jornal Midiamax teve acesso às imagens da abordagem que terminou na prisão de um engenheiro de 66 anos, suspeito de tentar policiais militares do Batalhão de Trânsito na madrugada desta quarta-feira (23), no cruzamento da Avenida Afonso Pena com a Rua Bahia, em Campo Grande. “Dous 500 pra vocês de boa, sou honesto”, disse ele.

O flagrante aconteceu por volta das 02h30. O engenheiro estava conduzindo um Honda Civic na companhia da namorada, quando foi parado pelos militares. “Não faz isso comigo não cara, eu perco carro, não é roubado, é da minha filha”, disse o homem que apresentava sinais de embriaguez.

O policial, por sua vez, responde que o documento está atrasado desde 2010 e que o automóvel vai ser encaminhado ao Detran (Departamento Estadual de Trânsito). Mas o engenheiro argumenta. “Antes disso, vamos fazer um negócio, eu dou um dinheiro pra você ai, quinhentão [R$ 500], seiscentão [ R$ 600], R$ 200 pra cada”.

Em razão da possível embriaguez, o policial então pede que o engenheiro assopre o bafômetro. O homem diz que estava tomando cerveja em uma boate e que havia acabado de chegar de uma viagem do México. “A gente ia pedir um Uber”, afirma. Em seguida, abre a carteira ao lado da viatura, começa a contar as cédulas e lamenta. “Todo o dinheiro que tenho”.

Na sequência, os policiais dão voz de prisão por suborno e o encaminham à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro. Já no caminho até, o homem continuou subornando os policiais e ofereceu R$ 1.200. Ele teve a carteira de habilitação recolhida e a namorada vai responder por desacato e resistência.

Mais notícias