Publicidade

Triplo homicídio: camionete usada em execuções é encontrada incendiada na fronteira

Vítimas foram mortas com tiros de fuzil

Uma camionete com as mesmas características do carro usado nas execuções de Cesar Ortiz Ferreira, 40 anos conhecido como “Julio”, diretor da rádio Tupi FM, e de Alessandro Nunes Moura, 20 anos, engenheiro civil e o adolescente Gabriel Saracho Moura, 16 anos, foi encontrada incendiada na fronteira, nesta terça-feira (12).

A camionete era uma Ford Ranger, de cor branca e foi localizada durante a madrugada desta terça (12), na região de San Francisco, que fica em Pedro Juan Caballero, no Paraguai.

A polícia acredita que o carro foi levado até o local e incendiado para encobrir pistas do crime, segundo o site Ponta Porã Informa.

As vítimas estavam em um carro Golf e passavam pela avenida principal da cidade de Zanja Pytã, que fica na divisa com o distrito de Sanga Puitã, quando foram surpreendidas por pistoleiros que, segundo testemunhas, estavam em uma caminhonete.

Os pistoleiros realizaram vários disparos de fuzil calibre 7.62 e pistola do calibre 9mm, as vítimas conseguiram sair do veículo, mas dois acabaram executados ainda ao lado do carro. A terceira vítima tentou fugir se escondendo atrás de uma árvore, onde acabou morto a tiros, já que os pistoleiros teriam descido da caminhonete para certificar a execução.

A execução poderia ter relação com um ajuste de contas entre facções criminosas que atuam na região de fronteira, mas a polícia não descarta nenhuma hipótese.

 

 

 

 

Mais notícias