Travesti assassina a facadas namorado após discussão

Disse que matou para se defender de agressões

Foi assassinado a facadas no sábado (8), em Cassilândia – a 430 quilômetros de Campo Grande – Antônio Valdenir Alves de 53 anos, conhecido por ‘Vozinho’. A namorada dele, uma travesti conhecida por Samila confessou o crime.

Informações são de que o casal passou a discutir entre a noite de sexta-feira (7) e a manhã de sábado (8), quando Samila desferiu uma facada no peito de Vozinho, que foi encontrado pelos policiais caído na varanda sendo socorrido para om hospital da cidade, mas acabou morrendo antes de chegar a unidade de saúde.

A faca usada para cometer o crime foi encontrada dentro de um balde. Segundo informações do site Jovem Sul News, Samila foi presa em seguida e disse que cometeu o assassinato para se defender das agressões que sofreu de Antônio.

 

Mais notícias