Suspeito diz ser parente de empresário preso na Omertà para intimidar PMs

Ele foi detido por suspeita de provocar um acidente de trânsito

Na tarde de domingo (6), acidente de trânsito terminou com dois homens detidos em Jaraguari, cidade distante 47 quilômetros de Campo Grande. Eles estariam participando de um ‘racha’ quando provocaram um acidente e para evitarem a prisão chegaram a dizer que eram familiares e amigos de empresário preso na Operação Omertà.

Conforme a Polícia Militar, um homem procurou o batalhão para informar sobre acidente de trânsito envolvendo uma Saveiro branca e um Palio prata. Segundo a testemunha a Saveiro teria invadido a preferencial e provocado o acidente. Os militares foram ao local e conversaram com a passageira do Palio e ela informou que o marido, de 63 anos, tinha ficado em estado grave após o acidente.

Com as características do condutor da Saveiro, que fugiu do local e teria provocado o acidente, os policiais localizaram o homem de 44 anos. Ele teria dito que era influente e no momento em que era detido familiares foram até os policiais dizendo que eram parentes de empresário preso na Operação Omertà em Campo Grande, na tentativa de intimidar a equipe.

O suspeito foi levado para a delegacia e foi dada voz de prisão também a um outro homem que estava no local que tentou ameaçar os policiais. Posteriormente um homem de 37 anos foi até a delegacia e revelou que era ele o motorista da Saveiro e que o outro suspeito era passageiro do veículo.

O motorista de 37 anos ainda confessou que tinha bebido antes do acidente, mas se recusou a fazer o teste de bafômetro. Ele chegou a dizer que era amigo do corregedor da Polícia Militar para tentar evitar a prisão. O caso foi registrado como ameaça, resistência e lesão corporal culposa na direção de veículo automotor.

Suspeito diz ser parente de empresário preso na Omertà para intimidar PMs
Mais notícias