Suspeito de roubo não aceita fim da amizade e tenta matar homem a tiros

Vítima desfez amizade ao descobrir que autor estava envolvido em crimes

Homem de 33 anos foi preso em flagrante pela Polícia Militar na noite desta terça-feira (20), em Ponta Porã, a 346 quilômetros de Campo Grande, depois de tentar matar o amigo, de 34 anos, com dois tiros. A vítima ficou na mira da arma, mas não foi baleada e disse que a confusão teve início após desfazer a amizade com o autor, ao descobrir que ele estava envolvido com crimes.

Segundo boletim de ocorrência, testemunhas acionaram a PM informando que no bairro Parque dos Ipês houve uma violenta briga em uma casa, com gritos e disparos, e que alguém poderia estar morto no local. Na residência, os policiais conversaram com o homem de 34 anos que relatou que um dia antes, havia discutido com o amigo e desfeito a amizade por descobrir que ele estaria envolvido em roubos e furtos.

Por este motivo, na noite de terça-feira, o autor foi à residência da vítima, armado, invadiu o local e atirou duas vezes, mas errou o alvo porque o revólver falhou. O morador então entrou em luta corporal com o autor que acabou desistindo da ação e fugiu do local. A PM foi informado sobre o paradeiro do suspeito e conseguiu localizá-lo sentado na frente de um imóvel, segurando um revólver.

Ele permitiu a entrada da PM na residência e foi apreendido sob o revólver calibre 22 com capacidade para dez munições. Ele estava com algumas escoriações que seriam resultado da briga e foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil, onde foi autuado em flagrante por violação de domicílio, tentativa de homicídio, porte ilegal de arma de fogo e vista de fato.

Mais notícias