Suspeito de matar atropelado ‘Paraguai’ em jogo de cartas é ouvido e liberado pela polícia

Disse em depoimento que resolveu passar com o carro por cima das pernas do amigo

O suspeito de atropelar e matar amigo Osvaldo Ribas de 57 anos, conhecido como ‘Paraguai’ depois de uma briga em um jogo de cartas, no bairro Los Angeles, em Campo Grande foi ouvido na delegacia e liberado, nesta segunda-feira (12).

Segundo o delegado Ricardo Meirelles, da 5º Delegacia de Polícia Civil, o homem contou em depoimento que teve a intenção de passar com o carro por cima das pernas de Osvaldo, quando o viu tentando se levantar do chão depois da briga.

Ele contou que no dia 6 de agosto, os dois estavam bebendo em um bar e se desentenderam, sendo que no dia 8 voltaram a um bar no Los Angeles e passaram a beber cerveja, quando durante o jogo de cartas começaram a discutir novamente entrando em luta.

Osvaldo estava com uma faca nas mãos, que acabou atingindo o pé do suspeito. Ele resolveu ir embora deixando o amigo caído no chão. O suspeito ainda contou que deu a volta na quadra resolvendo voltar e ao ver ‘Paraguai’ no chão passou com o carro por cima das suas pernas.

O delegado disse que ele foi ouvido e liberado sendo indiciado inicialmente por homicídio culposo, mas que ainda outras pessoas serão ouvidas e no curso da investigação poderá ser enquadrado em homicídio doloso.

Mais notícias