Suspeito de articular tráfico de MS a Santa Catarina é preso com 3 armas

A Denar (Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico) prendeu no bairro Cidade Jardim, em Campo Grande, um homem de 30 anos suspeito de articular tráfico de drogas entre Mato Grosso do Sul e Santa Catarina. Ele foi preso com três armas de fogo e munições. A ação faz parte da 8ª fase da Operação Woodstock Condá, deflagrada na quarta-feira pela Polícia Civil de Santa Catarina.

Na casa do homem foram apreendidos dois revólveres calibre 32 e 357, e uma garrucha calibre 45, além de dezenas de munições de diversos calibres. Ele foi encaminhado à Denar e, além de responder pelo envolvimento com a distribuição de drogas, foi autuado em flagrante por posse irregular de arma de fogo. 

Operação

A 8ª fase da Operação Woodstock Condá foi deflagrada pela Polícia Civil de Santa Catarina, em Chapecó, nas primeiras horas nesta quarta-feira, e tem como objetivo o combate ao tráfico de drogas. Ao todo foram cumpridos 18 mandados de prisão e 22 de busca e apreensão em oito cidades de quatro estados: Santa Catarina, Paraná, Mato Grosso do Sul e Amazonas.

A operação é coordenada pela Divisão de Investigação Criminal (DIC) de Chapecó, sob responsabilidade do delegado da Polícia Civil de Santa Catarina, Rodrigo Moura. Em Mato Grosso do Sul as ações ficaram à cargo da Denar e foram coordenadas pelo delegado titular da unidade, Gustavo Ferraris.

Suspeito de articular tráfico de MS a Santa Catarina é preso com 3 armas
Mais notícias