SIG prende acusado de matar pai e filho encontrados em poço

Embriagado, homem havia dito que cometeu o crime no domingo, mas corpos foram encontrados somente hoje

Policiais do SIG (Setor de Investigações Gerais) prenderam há pouco o principal suspeito de matar Miguel Vieira, de 39 anos, e o filho Bryan Gabriel Vaz Vieira, de 17. As ossadas das vítimas foram encontradas no início da tarde em um poço nos fundos de uma residência onde moravam no Panambi, distrito de Dourados.

O homem, de 29 anos, estava sendo procurado desde que a polícia obteve a informação que ele havia dito, no domingo, que havia matado a dupla após bebedeira e discussão. Como estava embriagado, não foi levado à sério pelos amigos.

Somente com o sumiço do pai e filho desde então, populares avisaram as autoridades e militares do Corpo de Bombeiros de Dourados foram até a residência nesta tarde onde encontraram as ossadas dentro de um poço.

A polícia civil foi acionada e encontrou sangue na sala da residência e em um pedaço de madeira próximo ao poço. A suspeita é que após serem mortos, eles foram esquartejados, jogados no poço e queimados.

O acusado foi levado ao SIG e será interrogado pelo delegado Rodolfo Daltro.

Mais notícias