Roubado por 6, motorista de MS é libertado de cárcere no Mato Grosso

Policiais civis dos dois Estados participaram da ação

Motorista sul-mato-grossense 40 anos foi libertado de cárcere privado na tarde desta quinta-feira, em Várzea Grande (MT), depois de ser roubado por pelo menos seis criminosos. Ele seria mantido como refém até que o caminhão atravessasse para o Paraguai. O resgate foi resultado de ação conjunta entre a Polícia Civil de Mato Grosso do Sul e do Mato Grosso.

A vítima relatou que foi contratada para fazer um transporte partindo de Várzea Grande para Ponta Porã e, chegando no Estado vizinho para preparar a carga, foi abordado pelo grupo que anunciou o assalto e o levou para um cativeiro. Um dos criminosos assumiu a direção e seguiu com o veículo rumo à fronteira.

Nesta manhã, familiares procuraram a Defurv (Delegacia Especializada de Repressão a Furtos e Roubos Veículos), alegando que o motorista havia saído de casa para fazer um transporte e que ainda não tinha mantido contato com a família. Os investigadores passaram a fazer buscas para tentar identificar a localização do veículo.

De acordo com a delegada Aline Gonçalves Sinnott Lopes, da Defurv, ao ter conhecimento de que o veículo estava transitando pela cidade de Rondonópolis (MT), foram acionados policiais da Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos do Mato Grosso), que conseguiram interceptá-lo na BR 163, município de Itiquira (MT), quase na divisa dos Estados.

Ainda segundo a delegada, o veículo estava era ocupado por Flavio Fonseca de Jesus, 33 anos.  O homem o foi autuado em flagrante por roubo, uma vez que tinha conhecimento dos fatos e, ainda assim, aceitou fazer o transporte. Assim que foi preso, confirmou que a vítima estaria em cárcere privado e que ficaria refém dos criminosos até que o caminhão cruzasse a fronteira do Brasil com o Paraguai.  Na sequência, a Defurv e a Derf começaram negociação para libertação da vítima. O motorista foi resgatado por volta das 14h.

Mais notícias