Polícia salva suspeito de estupro que seria morto por tribunal do PCC em MS

6 pessoas foram presas e três adolescentes apreendidos

O homem que foi resgatado de um tribunal do crime do PCC (Primeiro Comando da Capital) em Navirai – a 359 quilômetros de Campo Grande – estaria sendo julgado pelos integrantes da facção – um total de 9 pessoas – por ter estuprado uma mulher.

A polícia chegou até a residência depois receber informações do setor de inteligência de que um sequestro estava em andamento. Quando chegaram em frente à casa ouviram gritos de socorro de um homem.

Os policiais pularam o muro e flagraram a vítima sendo torturada por nove pessoas, entre elas três adolescentes – todos integrantes do PCC. O homem estava sendo espancado por ter estuprado uma mulher, sendo que depois da tortura ele seria assassinado.

Três adolescentes foram apreendidos e foram presos Diego do Nascimento de 28 anos, Edmar Lima de Oliveira de 20 anos, Henrique de Souza, de 18 anos, Julia Cândida da Silva, de 24 anos, Marcos Reis dos Santos, de 31 anos, Renan Leite Custódio de 20 anos, segundo o site Tá na Mídia Naviraí.

Mais notícias