Rebelião no Paraguai tem preso brasileiro do PCC entre os mortos

Chegaram a ser socorridos, mas morreram na ambulância

Uma rebelião em um presídio em Tacambú, em Assunção no Paraguai deixou dois mortos nesta segunda-feira (13), sendo um deles integrante da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital).

A rebelião aconteceu por volta das 18h20 quando dois presos começaram uma briga com armas caseiras. Oscar Daniel Morel Martinez de 24 anos, e Jorge Alberto Sanchez de 28 anos, que foram socorridos, mas Morel acabou morrendo dentro da ambulância.

A segunda briga entre os detentos aconteceu por volta das 19 horas, no pavilhão 6 do presídio e o integrante da facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), Wilson Antônio Diana Pereira de 24 anos, preso por tentativa de homicídio em 2016 acabou morrendo, segundo o site ABC Color.

Wilson estava com outros quatro detentos quando começou a briga e durante a confusão foi assassinado por um colega de cela. Ele também morreu a caminho do hospital dentro da ambulância. Os agentes conseguiram controlar a rebelião.

 

 

Mais notícias