Rapaz que ameaçou PMs de morte em rede social é preso

Durante a ação policial, foram apreendidas armas de fogo e motocicleta com chassi adulterado

Um rapaz, que não teve a identificação divulgada, foi preso nesta quarta-feira (20) na cidade de Paranaíba, a 407 quilômetros de Campo Grande. Ele é acusado de ameaçar, por uma rede social, de matar dois policiais militares na cidade. Durante a ação policial nesta quarta, foram apreendidas duas armas de fogo e uma motocicleta com o chassi adulterado.

De acordo com as informações da PM, testemunhas denunciaram um rapaz que estava fazendo manobras perigosas com uma motocicleta e ostentava uma arma de fogo no meio da rua, na região do Jardim América. Os policiais foram até o local, onde localizaram o suspeito com uma moto preta, momento em que deram ordem de parada, mas o condutor empreendeu fuga em alta velocidade.

O rapaz foi perseguido e a equipe do moto patrulhamento tático conseguiu acompanhá-lo até uma casa localizada na rua José Pereira do Prado, local onde o condutor, ao entrar na área com a motocicleta, caiu e ficou ferido. Mesmo assim o rapaz tentou retirar algo de sua bermuda e então foi imobilizado.

Durante busca pessoal, foi localizado um revólver calibre 32, com numeração raspada, e seis munições intactas.

O autor foi reconhecido como suspeito de ter ameaçado, através de rede social e informações de populares, de matar dois policiais militares de Paranaíba.

Na residência dele, os policiais não encontraram nada de ilícito. No entanto, a motocicleta que ele conduzia se encontrava com numeração de chassi raspada. O suspeito foi preso por porte ilegal de arma de fogo, ameaça, direção perigosa e adulteração de sinal de veículo automotor, sendo encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil.

Na delegacia, o autor ainda confessou que, junto com outro rapaz de 21 anos, teria realizado furto em uma residência e levado do local uma arma de fogo.

Com base nessas informações, os policiais da Força Tática e do SIG (Setor de Investigações Gerais) da Policia Civil, foram até a residência do bairro Santo Antônio, onde localizaram um revólver Smith Wesson, calibre 32, e duas pulseiras aparentemente de ouro. O comparsa de 21 anos, suposto co-autor do furto, já se encontra preso em regime fechado no Estabelecimento Penal de Paranaíba. Diante disso os objetos foram apreendidos e entregues na delegacia de Polícia Civil.

Mais notícias